Saturday, November 05, 2005

Wilco - Yankee Hotel Foxtrot

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Por mais que eu não seja um cara de conhecimento vasto musical e não tenha uma grande oratória para escrever um review, vou tentar mais uma vez. E nessa oportunidade vou falar de um dos albuns que mais me fascinou e comoveu em meus tempos de aficcionado por música.
Cercado de vários problemas coma gravadora, Yankee Hotel Foxtrot levou 1 ano para sair do estúdio para as lojas, apesar de ter sido vastamente veículado internet afora meses antes. O cd é de fato uma obra prima da música pop e foi chamado por vários executivos de gravadora como "career-ending".
Agora o álbum em si: a abertura fica por conta da psicodelia e descontinuidade de "I Am Trying To Break Your Heart", na minha opinião é mais ou menos como "A Day In The Life" soaria nos dias de hoje. "Kamera" é uma canção folk que mistura acústica e efeitos eletrônicos. "War On War" soa como um filho moderno do casamento entre Johnny Cash e Grateful Dead. A countryzera continua em "Jesus, Etc." agora acompanhada de violinos e outros instrumentos de corda mais eruditos, evocando a imagem de uma espécie de "salloon cafe". "I'm The Man Who Loves You" poderia ter saído diretamente das maões e boca de Neil Young. "Reservations" fecha o disco com um piano seco e a voz rasgada de Jeff Tweedy dando um clima "dark romantic" à música.
Por tudo que já ouvi do Wilco posso dizer seguramente que esse é o melhor álbum da banda. E não só marca um grande amadurecimento sonoro da banda, como também mostra as habilidades de Jeff Tweedy como letrista. Resumindo, Yankee Hotel Foxtrot é um PUTA disco que mesmo com todas as influências e referências, é completamente diferente de qualquer outra coisa quando se considera o álbum em si.

Nota: 10

0 Comments:

Post a Comment

<< Home